Paradoxo do Nosso Tempo - George Carlin

Recebi este texto da minha amiga Fernanda e não pude deixar de dividir convosco.
Apaixonei-me por estas palavras.



Paradoxo do Nosso Tempo - George Carlin

Nós bebemos demais, gastamos sem critérios. Dirigimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde, acordamos muito cansados, lemos muito pouco, assistimos TV demais e raramente estamos com Deus.

Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores.

Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos frequentemente.

Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; adicionamos anos à nossa vida e não vida aos nossos anos.

Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a rua e encontrar um novo vizinho. Conquistamos o espaço, mas não o nosso próprio.

Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores.

Limpamos o ar, mas poluímos a alma; dominamos o átomo, mas não nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos menos; planejamos mais, mas realizamos menos.

Aprendemos a nos apressar e não, a esperar.

Construímos mais computadores para armazenar mais informação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos comunicamos cada vez menos.

Estamos na era do 'fast-food' e da digestão lenta; do homem grande de carácter pequeno; lucros acentuados e relações vazias.

Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas chiques e lares despedaçados.

Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das pílulas mágicas.

Um momento de muita coisa na vitrina e muito pouco na dispensa.

Uma era que leva essa carta a você, e uma era que te permite dividir essa reflexão ou simplesmente clicar 'delete'.

Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas não estarão aqui para sempre.

Lembre-se dar um abraço carinhoso em seus pais, num amigo, pois não lhe custa um centavo sequer.

Lembre-se de dizer 'eu te amo' à sua companheira(o) e às pessoas que ama, mas, em primeiro lugar, se ame... se ame muito.

Um beijo e um abraço curam a dor, quando vêm de lá de dentro.

Por isso, valorize sua família e as pessoas que estão ao seu lado, sempre.


George Denis Patrick Carlin (Nova Iorque, 12 de Maio de 1937 — Santa Monica, 22 de Junho de 2008) foi um humorista, actor e autor norte-americano, pioneiro, com Lenny Bruce, no humor de crítica social. A sua mais polémica rotina chamava-se "Sete Palavras que não se podem dizer em Televisão", o que lhe causou, durante os anos setenta, vários dissabores, acabando preso em inúmeras vezes que levou o texto a palco.


Beijinhos com carinho e abraço meiguinho.



10 comentários:

  1. Adorei o texto, leva nos a refletir muito sobre como vivemos e o que estamos a valorizar, amei beijos de sol para te iluminar

    ResponderEliminar
  2. Oie que saudades de vc..desde o ano passado que ñ venho aqui nesse seu cantuxinho lindo kkkkkk
    Vim convidar vc para o niver de 7 aninhos de meu cafofinho !!Preparei um delicioso café para vc ..te espero ok!!!
    Trouxe o miminho para vc..um feliz inicio de 2011 beijus !!!!
    http://www.meurascunho.blogger.com.br/7%20anos%20de%20blogger.gif

    ResponderEliminar
  3. Lindo texto Patricia, sempre é bom passar por aqui antes de dormir.
    Não basta so dizer te amo, temos que demostrar o nosso amor e cultivar com carinho as pessoas que amamos, sempre...

    Vamos beijar nossos amores!!!

    Muita LUZZZ!!!

    ResponderEliminar
  4. Bonito o texto, gostei bastante. Obrigada por partilhares.
    Muitos beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Muito lindo! Às vezes até nos esquecemos!!!

    ResponderEliminar
  6. Só repasso o que para mim faz sentido, aquilo que vale mesmo a pena, Patrícia. E estas palavras tão certeiras sobre a nossa sociedade, são dignas de serem divulgadas.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Adorei amiga!
    Também adorei a tua casa nova, tá tão linda.

    Já coloquei tudo bem, obrigada!

    Da primeira vez ficou mal porque foi a pressa.

    Beijinhos da Fomiguinha

    ResponderEliminar
  8. Ha ,ha...agora já sei aonde pedir socorro, chamarei Dona Patricia!!Risos!!!

    Beijinhos!!!
    Muita LUZ!!

    ResponderEliminar
  9. Obrigada Patricia, qualquer coisa peço seu socorro,e qualquer coisa que você precise de mim estarei aqui!!!

    Beijinhos!!
    Muita LUZ!!

    ResponderEliminar

Bem Vindo!